[ AÇUDES ]

 

 

 

Açude da Agolada e Monte da Barca

Búzios - Associação de Nadadores Salvadores de Coruche

Açude da Agolada

 Monte da  Barca


Sítio Classificado do Açude da Agolada foi criado pelo Decreto-Lei nº 197/80 de 24 de Junho, de acordo com a necessidade de implementação de medidas de protecção adequadas àquela área.  

As potencialidades naturais e a localização da zona do açude determinam como objectivos fundamentais do Sítio Classificado os seguintes:
- A protecção e conservação dos valores naturais.
- A Educação Ambiental, informando e formando os visitantes para uma tomada de consciência pela preservação e protecção dos valores naturais.
- A criação de zonas de lazer.

Caracterização-Localização

O Sítio Classificado do Açude da Agolada, com área aproximada de 226 ha, situa-se na Freguesia e Concelho de Coruche, a uma distância desta vila de 2,5Km.
O nome desta área advém do facto de nela existir uma barragem de terra que origina a Albufeira com cerca de 1Km de comprimento.

Vegetação

O coberto arbóreo que domina na área é constituído essencialmente, por montado de sobro (Quercus suber), pinheiro manso (Pinus pinea) e Pinheiro bravo (Pinus pinaster).
No Açude da Agolada são o sobreiro (22% da área total) e o pinheiro manso (20% da área total) as espécies arbóreas dominantes.

Fauna

Da fauna inventariada no Açude constam peixes, répteis, avs e mamíferos.
Sendo a carpa a espécie piscícola mais abundante, no caso dos répteis é a cobra d’água (Natrix natrix), a mais frequente.
Na avifauna podem-se observar ao longo do ano cerca de 45 espécies sendo as mais frequentes a marrequinha (Anas crecca), o guarda rios (Alcedo athis), o rouxinol pequeno dos caniços (Acrocephalus scir paceus), a cegonha branca (Ciconia-ciconia), Pato Real (Anas platyrhynchos), o chapim de popa (Parus-cristatus) e o mergulhão pequeno (Tachybaptus ruficollis).
Dos mamíferos podem encontrar-se a gineta, a lebre, o coelho, o morcego hortelão e o toirão